Produtos Fitofarmacêuticos – Aplicação com Equipamentos de Pulverização Manual

Para obtenção de CARTÃO DE APLICADOR MANUAL (10 anos) – Homologado pela DRAP

Duração: 25 horas (inclui formação em campo)

Área: Agricultura

Presencial

145 €

Condições especiais para empresas e ex‑formandos

Datas previstas:

24/03/2023

Ref.: APFEPM / UFCD: 9263

Ou ligue

261 856 919

Custo de chamada para a rede fixa nacional

935 108 235

Custo de chamada para a rede móvel nacional

Formação obrigatória para todas as pessoas que pretendam aplicar produtos fitofarmacêuticos nas suas terras. O curso Produtos Fitofarmacêuticos – Aplicação com Equipamentos de Pulverização Manual, formação certificada pela DRAP, deverá ser finalizado com aproveitamento para obtenção de cartão de Aplicação dos Produtos Fitofarmacêuticos com Equipamentos de Pulverização Manual (APFEPM).

A Lei n.º 26/2013, de 11 de abril define a habilitação necessária para ser Aplicador de Produtos Fitofarmacêuticos de uso profissional e exige a obtenção de um Certificado de Formação em aplicação de produtos fitofarmacêuticos com equipamentos de pulverização manual (APFEPM), reconhecido pelas Direções Regionais de Agricultura e Pescas, com a emissão de cartões de identificação personalizados, vulgo Cartões de Aplicador.

Público-alvo

Agricultores que apenas utilizem equipamentos de pulverização manual e que, caso não tenham a escolaridade mínima obrigatória, comprovem saber ler, fazer cálculos simples e interpretar o rótulo de um produto fitofarmacêutico.

Requisitos mínimos

Idade superior a 16 anos. Escolaridade mínima obrigatória.

Nascidos até 31/12/1966 – 4.º ano; entre 01/01/1967 e 31/12/1980 – 6.º ano; a partir 01/01/1981 – 9.º ano.

Perfil de saída

Cartão de Aplicador de Produtos Fitofarmacêuticos Manual (APFEPM). Validade: 10 anos.

Objetivo geral

Capacitar os participantes para manipular e aplicar de forma segura produtos fitofarmacêuticos, minimizando os riscos para o aplicador, o ambiente, espécies e organismos não visados e o consumidor, utilizando equipamentos de pulverização manual.

Programa

  • Sistemas regulamentares
    • Autorização de produtos fitofarmacêuticos
    • Classificação, embalagem e rotulagem
    • Venda, aquisição e uso responsável
  • Proteção Integrada (PI)
    • Legislação específica e registos
    • Prática da PI e tomada de decisão
    • Aconselhamento agrícola
    • Avaliação comparativa de produtos fitofarmacêuticos e segurança
  • Produção Integrada (PRODI)
    • Princípios da PRODI
    • Regulamentação e registos
    • Caderno de campo
  • Modo de Produção Biológico
    • Princípios gerais
    • Regulamento comunitário relativo ao modo de produção biológico
    • Utilização de produtos fitofarmacêuticos em modo de produção biológico
  • Segurança na utilização de produtos fitofarmacêuticos
    • Aspetos toxicológicos inerentes à sua manipulação e aplicação
    • Noção de dose, concentração e volume de calda
    • Informação e leitura do rótulo
    • Segurança para o operador na aplicação manual
    • Equipamentos de proteção individual (EPI) segundo as características do produto fitofarmacêutico
  • Redução do risco na aplicação dos produtos fitofarmacêuticos com equipamentos de pulverização manual
    • Tipos e características do material de aplicação manual
    • Critérios para a escolha do material de aplicação
    • Técnicas de aplicação, calibração, regulação do equipamento de aplicação manual
    • Arrastamento da calda e práticas de redução do arrastamento da calda de pulverização
    • Conservação e manutenção do material de aplicação manual
  • Redução do risco para o ambiente, espécies e organismos não visados
    • Impacte no ambiente do uso de produtos fitofarmacêuticos
    • Risco para as espécies não visadas e medidas de mitigação do risco
    • Segurança na manipulação e preparação de caldas e limpeza de equipamentos de aplicação
    • Gestão de resíduos de embalagens e resíduos de excedentes de produtos fitofarmacêuticos (obsoletos)
  • Segurança alimentar
    • Limite máximo de resíduos
    • Intervalo de segurança
    • Exposição do consumidor e cumprimento das indicações do rótulo
  • Armazenamento e transporte de pequenas quantidades de produtos fitofarmacêuticos
    • Condições e características dos locais de armazenamento
    • Sinalização, perigos e segurança durante o armazenamento
    • Perigos e segurança no transporte
  • Acidentes com produtos fitofarmacêuticos
    • Prevenção de acidentes
    • Acidentes de trabalho
    • Sintomas de intoxicação e medidas de primeiros socorros

Avaliação.

Modalidade de formação

Formação inicial/contínua.